Imprensa ajuda a preservar liberdade de expressão e a combater informações falsas

1º de junho é comemorado o Dia Nacional da Imprensa, e a Página da ACII traz o diretor Sergio Godinho para abordar o assunto


Imprensa ajuda a preservar liberdade de expressão e a combater informações falsas

Fundamental na sociedade contemporânea a imprensa, hoje, cumpre um papel essencial e decisivo na hora informar. O dia Nacional da Imprensa é comemorado em 1º de junho, data escolhida para marca a primeira publicação do Correio Braziliense, sendo classificado como o primeiro jornal impresso do Brasil.

Ao mencionar a palavra “imprensa” inclui-se os jornais, revistas, rádio e televisão. Estes meios pautam seu trabalho pela ética e pela isenção sem favorecer nenhum lado numa reportagem. Com isso, os veículos de comunicação ajudam a preservar a liberdade de expressão.

De acordo com o diretor da ACII e diretor superintendente do jornal O Progresso, Sérgio Henrique, a imprensa exerce um papel de grande relevância para a sociedade. “A impressa é importante porque leva ao público: leitor, telespectador, ouvinte, internauta, as informações de tudo que está acontecendo. Diversos setores da imprensa se especializaram em seguimentos, o jornal impresso, por exemplo, continua formando opiniões através do seguimento de notícias. Com isso, a impressa continua e continuará sendo, como o pessoal chama o “Quarto Poder”.”, ressalta o diretor.

Atualmente, a imprensa convive com um grande desafio, o de combater as chamadas “fakes news” (notícias falsas). Essa prática de disseminar informações falsas vem ganhando força com o advento da internet. Por isso, sempre que necessário, as pessoas recorrem a um bom veículo noticioso.

Ainda segundo Sérgio Henrique, a imprensa ajuda a combater as fakes news e a dar mais credibilidade a notícia, pois levam o público a refletir sobre uma determinada informação. “Sem a imprensa, os contrapontos, questionamentos e a instigação ao pensar da população, faria com que a notícia chegasse de forma deturpadas sem que a pessoa tivesse um contraponto para analisar, bem como pensar e tomar uma decisão. Com isso o papel da imprensa sempre vai ser salutar, algo necessário para a sociedade.” esclarece.